21 de out de 2009

Sobre a esperança

Porque a cada dia é preciso ter mais...

Piscar de olhos

Abro os meus olhos, um novo dia,
Novo apenas na quantidade:
Mais sangue nos jornais, mais fumaça em meu pulmão,
Mais dinheiro p’ro mesmo pão.
Menos tempo para ver o céu, as estrelas, as árvores;
Menos abraços, menos calor, menos coração.
Minha mente, uma máquina registradora,
Contabiliza, checa as estatísticas, verifica as probabilidades:
Amanhã será tudo igual;
Mudarão apenas os números, certamente mais terríveis.

Fecho os meus olhos, um velho sonho,
Comum ao homem de toda idade:
Mais sangue nas veias, mais bolhinhas de sabão,
Mais dinheiro p’ro meu irmão.
Menos óculos para ver o céu, as estrelas, as árvores;
Menos socos, menos frio, menos solidão.
Minha alma, uma câmara reveladora,
Capta os instantâneos, testemunha outras realidades:
Amanhã será tudo igual;
mudarão apenas os homens, certamente mais felizes.

Piscar de olhos, tão curto o espaço,
Comprido na fração que se repete:
Linha tênue, terra nebulosa, eis a esperança!
Nem sonho, nem realidade; utopia e concretude ao mesmo tempo.
Dois mundos que se tocam e se misturam
Criando um novo mundo possível.

Piscar de olhos, tão leve o ritmo,
Marcado na batida insistente:
Silencioso motor que empurra a vida, eis a esperança!
A dúvida que inquieta; a certeza que tranqüiliza,
A eternidade no coração do homem, diria o sábio, que a sabe
Centelha divina que faz o sangue correr nas veias.


Gabriela Machado Machado 24/04/2002

Para fazer invejinha...

Não bastasse estar num show do Monobloco, não é que rolou participação da Elba Ramalho e cantando “Eu só quero um xodó”?

Tive que gravar!

Confere aqui embaixo ó...



P.S.1: Depois de um tempo, “seres sem-noção” passaram empurrando e atrapalharam todo o meu virtuosismo na filmagem..perdoem-me então!
P.S.2: Que falta eu sinto de...

16 de out de 2009

E vamos aos (bons) comerciais!

Recebi um e-mail com frases de uma campanha publicitária do CityBank que estaria espalhada pela cidade de São Paulo através de outdoors. Não consegui checar se a campanha de fato existe ou não, mas se não, sinceramente merecia existir. Veja só:

"Crie filhos em vez de herdeiros."
"Dinheiro só chama dinheiro, não chama para um cineminha, nem para tomar um sorvete."
"Não deixe que o trabalho sobre sua mesa tampe a vista da janela."
"Não é justo fazer declarações anuais ao Fisco e nenhuma para quem você ama."
"Para cada almoço de negócios, faça um jantar à luz de velas."
"Por que as semanas demoram tanto e os anos passam tão rapidinho?"
"Quantas reuniões foram mesmo esta semana? Reúna os amigos."
"Trabalhe, trabalhe, trabalhe. Mas não se esqueça, vírgulas significam pausas..."
"...e quem sabe assim você seja promovido a melhor :amigo / pai / mãe / filho / filha / namorada / namorado / marido / esposa / irmão / irmã...etc... do mundo!"
"Você pode dar uma festa sem dinheiro... Mas não sem amigos!"

Sobretudo quando chove

Dia de chuva, daqueles meio “slowmotion”, reflexivos, trabalhando em frente ao computador e do lado de uma janela...acaba batendo uma... saudade.

Saudade de quê? Você pode perguntar.

Neste caso, não importa se é saudade de alguém ou de alguma coisa.

Este é um sentimento perene para aqueles que sonham e acreditam com um mundo perfeito.
Saudade do que virá e da realidade para a qual fomos feitos. É o suficiente para este tipo de melancolia.

Daí me vem à cabeça uma poesia musicada (música é uma definição pequena neste caso) do Gerson Borges, que para mim é a melhor expressão do sentimento Saudade.

Achei-a gravada neste vídeo do programa Plataforma (excelente!) no qual o Gerson também dá uma pequena (e preciosa) entrevista com direito a citações e poesia (uau!). Veja, veja, veja, veja! And enjoy it!



P.S.: Perdoem-me a melancolia. Faz parte do “algo mais” além do mate e do pão de queijo...

15 de out de 2009

Nosso dia!

Coloco aqui frase "tudo a ver" que já postei no antigo blog e que vi, um certo dia, na bolsa de uma estudante:

“Médicos salvam vidas, professores salvam gerações.”

Perfeita não?
Essa é para todos os queridos (bons) professores e professoras que eu conheço. E para mim também....rs.

Podia escrever mais, mas...vou aproveitar o dia. Eu mereço!

8 de out de 2009

Para não deixar de tocar no assunto...



Fiz essa tirinha tosca, porque imagens às vezes falam mais que palavras.

Mas quero acrescentar algumas coisas sobre as Olimpíadas no Rio em 2016:

· Como brasileira e carioca (legítima) é claro que vibrei.
· Como brasileira e carioca (legítima) logo após me preocupei pensando: o quanto roubarão do dinheiro dos investimentos? Quanto se deixará de usar na educação e na saúde?
· Como uma pessoa normal eu pensei: que estarei fazendo em 2016...rs?

1 de out de 2009

É big!

Ela é linda.
Cabeçuda.
Talentosa.
Simpática.
Vai ser uma super designer de moda.
E eu vou bolar a marca da grife dela...rs.

Tinha que ser minha irmã né?

E hoje é niver dela. Parabéns mana! Love you!



Sabedoria popular

Com tanto trabalho e coisas na cabeça a me afligir, tenho que adotar como filosofia da semana a frase que minha amiga Nath me apresentou nestes dias:

"Agora a única coisa que esquenta minha cabeça é secador!"

Amei!

P.S.: No meu caso nem isso, já que meus cabelos cacheados não vêem secador há anos!