17 de jun de 2010

Tão bem.



Leve,
só você me faz sentir.
Não é necessário o azul:
apenas seu toque,
que faz tudo
estar no devido lugar.
É assim que me sinto:
encaixada.
No compasso certo,
na adequada nota
da melodia.
Tudo que há à volta
é riso.
E mesmo o trabalho,
é suor que faz brotar o pão.
É sentido
neste elaborado projeto
que sou
em construção.
No meu rosto que muda,
há mais de Ti
e cada vez mais
do que é para ser mim.
Mistério que não entendo,
mas é cheio de razão,
pois o amor explica tudo.
Tu me amas.
Basta isso,
para me sentir
leve.

Gabriela M. Machado 17/06/2010
_____________________________________________________________________________________

Acabei de estar com pessoas amigas, com gente de Deus. Falamos das coisas dEle e de como é bom viver o cristianismo com leveza. Em cada rosto vi um presente. Tanta gente singular, especial...com riquezas particulares que no seu momento são bálsamo para meu coração.

Este momento não é à toa. Tenho me sentido tão plena. E me sentir assim também não é à toa. É obra em construção do Criador. Vejo isso ao ler ainda há pouco alguns textos do antigo blog. Coisas de 1 a 2 anos atrás. Engraçado perceber como tão pouco tempo pôde trazer tanta mudança. E mudança tão positiva. Hoje sou outra. E isso é bom.

Tantas vezes me angustiei. Ele sabe quanto. Porque o tempo não é nosso. Mas Ele é Senhor do tempo.

Papo meio doido né? Mas sei lá, deu vontade de falar e acabou saindo a poesia acima.

Pode ser que amanhã alguma tristeza manche meu dia. Mas hoje eu tô feliz.

14 de jun de 2010

Entrando no clima (bem humorado) da Copa!

Juro que não estava nem um pouco no clima da Copa. Estava esperando que as primeiras imagens do jogo do Brasil amanhã me despertassem enfim para toda essa movimentação à minha volta.

Mas eis que eu vejo esse vídeo criado em cima da repercussão que a expressão "Cala boca, Galvão" causou quando bombou nos trending topics mundiais do Twitter.

Morri de rir. E já valeu pela Copa inteira...rs!

Antes de ver, leia a explicação:

"Cala boca, Galvão" ganhou o mundo na internet. De tanto ser digitada pelos usuários do Twitter na abertura da Copa do Mundo, a expressão atingiu os Trending Topics mundiais- tópicos mais produzidos - da rede social. E permace em destaque até hoje. Tudo começou, na quinta-feira (10), quando os usuários tuitavam para o locutor Galvão Bueno, da Rede Globo, parar de falar na abertura dos jogos.

Depois de alcançar os Trending Topics mundiais, os usuários que não entendem português perguntavam o que significava a expressão. Os criativos brasileiros inventaram, em inglês, que "Cala boca, Galvão" era o nome do novo clipe da Lady Gaga. Outros diziam que se trata de uma campanha para salvar uma espécie rara de pássaros do Brasil. Aliás, criaram até o perfil
"Galvão Institute" no Twitter e um vídeo sobre a tal campanha.

A brincadeira foi tão longe que até o jornal espanhol "El País" publicou uma matéria contando a verdadeira história sobre a frase "Cala boca, Galvão". "Cala a boca, Galvão é uma grande brincadeira dos brasileiros do Twitter - o país é o segundo do mundo em número de usuários, atrás dos americanos. Galvão Bueno é um dos comentaristas esportivos mais conhecidos no país do futebol", escreveu o jornal.



Depois achei no Youtube este outro, também sobre a polêmica, encarada agora por ninguém menos que Hitler...rs:



Salve o Brasil, e cala a boca Galvão!

P.S.: Vi no Pavablog, mas a matéria é daqui.

13 de jun de 2010

Meu presente de ontem (E é o mês dos namorados 3!)

Tá aí e nem precisa de palavras. Como se canta: “Isso é o Monoblocoooo, isso é o monoblocooo...”


Só fiquei chateada porque minha gravação deles cantando a versão de “Do seu lado” do Jota Quest (que eu amo), ficou com a imagem ótima, mas o som péssimo (sniff). Pretendia colocar aqui, mas, fica para a próxima...

12 de jun de 2010

Solteira no dia dos namorados? (E é o mês dos namorados 2)

Pergunta:
O que fazer quando se está solteira num dia 12 de junho?

Resposta (fácil):
Usar o din-din que gastaria com presente no....Arraiá do Morro da Urca com o Monobloco!!!!
____________________________________________________________________________

Parênteses: Com isto está aberta a minha “Festas Juninas Season” (iupiiiiiiii)
____________________________________________________________________________

Mas voltando ao assunto, em homenagem ao dia, deixo o mesmo vídeo que postei ano passado no antigo blog, que fala sobre o encantamento.

Não importa se você está sozinho ou acompanhado, estar enamorado sempre vale à pena, seja por alguma coisa, por um sonho, mas principalmente pela vida.

Sendo assim, feliz dia dos namorados para todos nós!

9 de jun de 2010

Once

Acabei de assistir esse filme aí do vídeo abaixo. Once (Apenas uma vez). Estava na minha lista faz tempo e hoje num momento de “pára tudo para dar uma respiradinha” eu vi.

Lindo, sensível, leve. Humano e real.

Ajuda a lembrar que tem coisas que acontecem assim, “once”: não surgiram do jeito que se previa, não terminaram do jeito que se imaginava, mas enfim, fizeram toda a diferença na sua vida. E não é isso que importa afinal? Nem tudo tem que ser clichê.

E você ainda fica com músicas lindas na cabeça, como essa, Falling Slowly (que ganhou Oscar de melhor canção):

I don't know you
But I want you
All the more for that
Words fall through me
And always fool me
And I can't react




P.S. 1: Tenho que conhecer a Irlanda.

P.S. 2: Se os amigos quiserem fazer caridade, estou aceitando a trilha sonora deste filme de presente. Linda!

P.S. 3:O post não fazia parte da lista “E é o mês dos namorados!”, mas tem tudo a ver né?

P.S. 4: Falando em mês dos namorados, a Mari está promovendo no seu com.versa uma love week. Muito legal, passa lá!

P.S. 5: E por falar em outros blogs e amigos, aproveito para fazer um agradecimento geral a todos que têm passado por aqui e comentado. Obrigada mesmo, de coração!

6 de jun de 2010

Janela sem moça



Ainda há pouco
estava na janela,
e a paisagem à frente
enchia seu olhar.

Mas ouviu a Voz,
nova e conhecida:

“Vai.
Muda.
Transforma.
Caminha.
Encontra.
Arrisca.
Construa.
Transponha.
Alcança.
Celebra.
Desfaça.
Reparta.
Cresça.
Enlaça.
Mas não pense,
nunca,
em parar.”

Suficientes palavras,
para a bagagem.

Já agora,
seus pés pisam e são parte
da concreta paisagem.
E a janela está vazia.

Gabriela M. Machado 06/06/2010

3 de jun de 2010

E é o mês dos namorados (1)!

E ele (que também é o mês das festas juninas que eu amooooooo) chegou me dando trabalho com o bug do Corel X4 (quem é designer sabe do que estou falando), com um friozinho que promete e as expectativas da Copa do Mundo (nossa, já chegou!).

Como a Copa não está me animando muito e comentários futebolísticos não são o meu forte, falemos sobre...relacionamentos.

Não, não estou namorando, mas sobre esse assunto todo mundo tem um pitaco a dar (não é verdade?). Portanto, pretendo dar os meus nos dias que se seguem...

E para começar, olha que tirinha interessante:



Vi aqui, mas é daqui.